2 de janeiro de 2017

Democracia

Conforme escrevi no post anterior, enquanto o Reino de Deus não estiver totalmente estabelecido, temos que conviver com todos os outros sistemas de governo, e dentre estes, creio que o regime democrático seja aquele capaz de melhor garantir representatividade e liberdade para todos os setores de uma sociedade plural em um mundo imperfeito e decaído como o nosso.

Neste sentido, C. S. Lewis, em seu formidável livro O Peso da Glória, expressa de forma precisa o motivo pelo qual eu crer que a democracia seja, no presente mundo, o melhor de todos os regimes:

Acredito na igualdade política. Entretanto, existem dois motivos opostos para ser democrata. Pode­-se pensar que todos os homens são tão bons que merecem um quinhão no governo da Commonwealth, e tão sábios que a Commonwealth precisa do conselho deles. Essa é, em minha opinião, a doutrina romântica e falsa da democracia. Por outro lado, pode­-se acreditar que os homens decaídos sejam tão perversos que a nenhum deles se deve confiar irresponsável poder sobre os demais. Acredito que essa seja a verdadeira base da democracia.

Em suma, precisamos da democracia justamente porque nenhum de nós é absolutamente, em todo o tempo, tão bom assim. É muito fácil sermos corrompidos pelo poder, e portanto é melhor que este seja compartilhado e controlado através da representatividade dos diversos setores da sociedade.

Nestes tempos difíceis que estamos vivendo, que a democracia seja defendida por cidadãos maduros, cientes de seus direitos, deveres e responsabilidades, para o bem de todos.

0 comentários: